Desmistificando a Computação na Nuvem: SaaS, DaaS e muito mais!

Desmistificando a Computação na Nuvem: SaaS, DaaS e muito mais!

por Fred Estante

Você provavelmente já ouviu alguém falar que o modelo de serviço de um produto era SaaS.

Mas você sabe o que isso quer dizer?

E você sabe o que é computação na nuvem?

Essa é uma dúvida bem comum porque não é um conceito bem definido, e ainda não se fala muito sobre isso no nosso país.

Por isso resolvi escrever esse post pra você.

Para falar de um jeito bem prático o que é computação na nuvem, e explicar os principais modelos de serviço!

Nas próximas seções eu vou falar sobre as principais categorias de serviços baseados em computação na nuvem:

Se você quiser pular direto pra algum tipo de serviço é só clicar nele na lista ali em cima ou aqui pra abrir o sumário do post.

Mas se tiver uns minutinhos eu recomendo ler o post inteiro para descobrir tudo sobre todas as principais categorias e quem sabe sair com boas ideias de negócios!

Talvez a primeira curiosidade que você já percebeu é que todas as siglas terminam com “aaS” né?

Essa parte das siglas quer dizer “as a Service” em inglês, ou “como serviço”, em português.


Mas o que é computação na nuvem?

De um jeito bem simples, computação na nuvem se refere a diversas ferramentas que ajudam no desenvolvimento e gerenciamento de tarefas que foram criadas e disponibilizadas como serviços online (na nuvem) que você pode acessar quando quiser e de onde quiser.

Eu vou começar falando do SaaS, que é o modelo mais comum de serviço na nuvem, e depois vou seguir alisando os outros modelos de serviços em ordem alfabética.

SaaS - Software as a Service

SaaS, Software as a Service ou Software como Serviço, é um modelo de serviço muito comum que oferece uma solução de software na nuvem, sendo acessível de qualquer lugar e a qualquer momento.

Este é um modelo que funciona muito bem porque ele remove toda a complexidade e deixa que o usuário use o programa quando e como quiser, sem ter que se preocupar com qualquer tipo de instalação, configuração de servidor, sistema operacional, banco de dados, atualizações, etc.

O foco de um produto SaaS é sempre o usuário final, que pode ser um usuário comum ou uma empresa, que precisa da solução mas não necessariamente tem conhecimento técnico para fazer as configurações, então tudo é criado da maneira mais simples e objetiva possível.

Uma grande vantagem deste modelo é que ele permite personalização da precificação, criando categorias e planos que se adequam ao perfil e necessidade de cada usuário.

Exemplos de SaaS

Você que já faz parte da nossa comunidade aqui no Blog sabe que adoramos fazer gráficos pra entender bem sobre o que estamos falando, e dessa vez não podia ser diferente.

Preparei um gráfico exclusivo pra gente (usando o programa da Atmosphere!) que mostra o crescimento das empresas de desenvolvimento de software no Brasil nas últimas décadas!

Crescimento das empresas de desenvolvimento de software no Brasil

DaaS - Data as a Service

DaaS, Data as a Service ou Dados como Serviço, é um modelo que oferece dados em tempo real sob demanda.

Neste modelo é comum o usuário requisitar uma certa quantidade de dados através de uma chamada de API e receber a resposta com a versão mais atualizada dos dados.

Um exemplo de serviços DaaS é a cotação em tempo real de preços de ativos financeiros (ações, moedas, commodities, etc).

Exemplos de DaaS

  • Bloomberg
  • Yahoo Finance

DaaS - Desktop as a Service

DaaS, Desktop as a Service ou Desktop como Serviço, é um modelo que fornece o desktop, ou melhor, uma máquina virtual, como serviço.

Neste modelo você pode configurar um desktop padrão, com todos os programas, aplicativos e configurações que seu usuário pode precisar para executar uma determinada tarefa, e a partir deste modelo cria uma instância virtual temporária para cada uso.

Com esta solução, um funcionário ou usuário tem acesso a um ambiente virtual pronto para o seu trabalho com todos os recursos necessários, sem precisar configurar nada.

Exemplos de DaaS

  • Amazon WorkSpaces
  • Citrix Managed Desktops
  • Microsoft Windows Virtual Desktop

DaaS - Device as a Service

DaaS, Device as a Service ou Dispositivo como Serviço, é um modelo que oferece dispositivos físicos como serviço.

Você pode contratar computadores, impressoras, smartphones e qualquer tipo de dispositivo eletrônico da maneira que melhor atenda a sua necessidade pelo tempo necessário.

Uma grande vantagem deste modelo é a capacidade de aumentar e diminuir a quantidade de dispositivos de acordo com a sua necessidade.

Além disso, você não precisa enfrentar o custo de aquisição de todos os dispositivos e dependendo do seu contrato pode garantir sempre uma versão atualizada dos dispositivos.

Exemplos de DaaS

  • HP DaaS
  • Lenovo

DBaaS - Database as a Service

DBaaS, Database as a Service ou Banco de Dados como Serviço, é um modelo que oferece a infraestrutura para hospedar e realizar backups de bancos de dados com segurança e alta taxa de disponibilidade.

Exemplos de DBaaS

  • IBM Db2
  • MongoDB
  • Oracle

FaaS - Function as a Service

FaaS, Function as a Service ou Função como Serviço, é um modelo que oferece uma função que é ativada por um evento.

Uma grande vantagem deste modelo é que ele é auto-escalável, sem a necessidade de uma infraestrutura dedicada para ele. A cada vez que a função é requisitada, ela é ativada, processada e encerrada, fechando o ciclo.

Exemplos de FaaS:

  • Google Functions
  • IBM Cloud Functions

IaaS - Infrastructure as a Service

IaaS, Infrastructure as a Service ou Infraestrutura como Serviço, é um modelo que oferece infraestrutura de TI como serviço.

Na prática, você está contratando o serviço de um servidor com a infraestrutura necessária (discos de armazenamento, memória, rede, etc), mas você é responsável por toda a configuração técnica do sistema operacional, bancos de dados, aplicativos, etc.

Esta categoria requer uma equipe técnica com conhecimento para configurar e operar todos os sistemas.

Uma grande vantagem deste modelo é que você pode escalar a contratação de servidores de acordo com sua necessidade e crescimento.

Exemplos de IaaS:

  • Amazon Web Services (AWS)
  • Google Cloud

O gráfico a seguir mostra o crescimento do mercado de consultorias de TI no Brasil!

Crescimento das empresas de consultoria de tecnologia da informação no Brasil

PaaS - Platform as a Service

PaaS, Platform as a Service ou Plataforma como Serviço, é um tipo de serviço que oferece uma plataforma com as ferramentas e recursos necessários para que a empresa possa desenvolver seus próprios sistemas.

Esta configuração é muito poderosa porque permite à empresa focar em desenvolver seus próprios serviços sem precisar se preocupar com a infraestrutura do servidor, banco de dados, sistema operacional, etc.

Exemplos de PaaS:

  • Google App Engine
  • Heroku

TaaS - Testing as a Service

TaaS, Testing as a Service ou Testes como Serviço, é um modelo pouco conhecido porque é utilizado somente por aplicativos de grande escala que possuem uma grande quantidade de testes que precisam ser realizados para garantir a integridade e funcionamento correto de todos os componentes.

Este tipo de serviço inclui testes de desempenho, velocidade, funcionalidades, segurança, dependências, etc.

Exemplos de TaaS

  • Amazon Web Services (AWS)
  • Oracle
  • Qualitest

XaaS - X as a Service

XaaS, Everything as a Service ou Tudo Como Serviço, é um termo mais genérico que indica qualquer tipo de solução que é oferecida como serviço online, de maneira escalável e personalizável.

O “X” vem da matemática que se refere a uma variável que pode ter qualquer valor, por isso é usada nessa sigla para indicar que você pode oferecer qualquer coisa como serviço!

Conclusão

A computação na nuvem vem revolucionando os modelos de negócios nas últimas duas décadas.

A velocidade do desenvolvimento tecnológico está o tempo todo mudando as regras do jogo, permitindo que cada vez mais soluções inovadoras sejam desenvolvidas e produtos mais poderosos sejam lançados como serviço.

Neste post você descobriu o que é computação na nuvem e viu todas as principais categorias, com exemplos.

E uma tendência ficou muito clara.

Os produtos são cada vez mais customizáveis às necessidades do usuário final.

Tudo pode ser configurado pelo usuário para que ele tenha a melhor experiência e pelo melhor preço.

Essa mudança de paradigma veio para ficar, e o usuário sai ganhando sempre!

Se você ficou com qualquer dúvida sobre os modelos de computação na nuvem, ou se quer que eu fale sobre alguma outra categoria, é só deixar um comentário aqui no fim do post.

Vai ser um prazer conversar com você!

E como você está lendo esse post agora, eu tenho certeza que se interessa muito pelo nosso mundo do empreendedorismo e tecnologia.

Então venha fazer parte da melhor comunidade de empreendedorismo do Brasil e receba análises exclusivas direito no seu email!

É só deixar seu email aqui embaixo que eu vou te mandar posts e análises exclusivas sobre o empreendedorismo no Brasil, junto com muitas dicas de como você pode descobrir novas oportunidades de mercado. Eu tenho certeza que você vai gostar!

Antes da gente terminar por aqui eu separei cinco posts que acho que você vai gostar muito de ver. Tem informações muito poderosas e análises exclusivas que você não pode ficar de fora.

Abraço,

Fred

compartilhe




Fred Estante

Fred Estante

Co-Fundador e CEO da Atmosphere

Engenheiro Físico formado pela Embry-Riddle e Mestre em Engenharia Aeroespacial pela University of Colorado Boulder.

Fred é fascinado por empreendedorismo, big data, ciência, astronomia e mapas históricos. E também é o Fã #1 de De Volta Para o Futuro.